terça-feira, janeiro 23, 2007

KOOP


Eles, “tocam piano e acordeon, comandam o laptop e usam vestidos”. Isso mesmo, usam vestidos. E maquiagem também. Apesar desta identificação com o lado feminino através do cross-dressing, os meninos, assim como em suas canções, preferem deixar as definições nas entrelinhas.

A dupla sueca Koop, formada por Magnus Zingmark e Oscar Simonsson, acaba de lançar a trilha perfeita para este verão. “Koop Island”, terceiro disco do duo, é formado por baladas leves e músicas felizes de batidas suaves que se encaixam perfeitamente no clima da estação, conduzindo seus ouvintes em uma jornada mental de ilhas desertas, praias em fins de tarde e noites frescas em localidades paradisíacas.

Apesar de convincente e correta, a definição não chega a traduzir por completo o espírito e a filosofia por trás de Koop. Isso porque Magnus e Oscar, na verdade, podem ser classificados também como dois especialistas em dissimulação, só que no bom sentido da coisa.

Explicando, ao escutar “Koop Island”, os desavisados terão a certeza de ouvir uma pequena orquestra, com todos os instrumentos que a mesma dá direito. Só que todas as melodias criadas pela dupla, sem exceção, são feitas apenas com samples. Ou, como os próprios rapazes preferem definir em sua página oficial, “milhares de pequenos trechos de álbuns aleatórios, remontados como um quebra-cabeça para originar novas canções”.
(Excluido do artigo de Tino Monetti)


Assista o Clipe "Come To Me - KOOP" (2006)
Small version
Big version

2 comentários:

Gustavo V. R disse...

vcs sempre trazem coisas diferentes, isto q é bom vir dar uma espiada neste banheirao safado.

guido disse...

Oi peço que vc mude o endereço do portal manchete nos seus favoritos para www.portalmanchete.blogs.sapo.pt
tivemos problemas com a uol.
Obrigado

DEIXE UM COMENTARIO NO SITE PORTAL MANCHETE PARA QUE NÓS TBM ADD VC