quinta-feira, dezembro 21, 2006

Fazendo o Outting do Natal

Tirando o carnaval e a própria Parada do Orgulho GLBT, não tem festa mais gay que o Natal.
Pra começar, tudo é enfeitado com lusinhas, brilhos, laçarotes, uma bichice total, mas para os que acham que eu estou exagerando, vou apresentar algumas provas:

Papai Noel é uma maricona, que faz a linha Bear, tipo urso polar, e ainda por cima tem um mau gosto do caralho, sempre com aquele conjuntinho de cetim vermelho enfeitado de marabu! Tem tendências pedófilas, vive com criancinhas nos colo, fazendo chantagem com brinquedos em troca de bom comportamento... Nos países de cultura inglesa é conhecido como Santa Claus, ou seja, se você vir um Papai Noel pode gritar: “Ta boa, Santa!!!” e ele não pode fazer nada contra isso.


Falando nisso, o que são as Renas? Renas são cervídeos, ou seja, um tipo de veado, mas reparem as diferenças: as renas têm os chifres maiores (bicha adora arrasar nos acessórios) e tem uma pelagem mais espessa na região lombar, tipo uma estola de pele (bicha adoooooora um glamour). Sem contar no Rudolf, aquela que tem o nariz vermelho que pisca, isso se for só o nariz que pisca vermelhinho né? Hehehe...

Agora reparem no presépio. Olhem bem aquelas três loucas montadas que vieram uma de cada canto do mundo só pra ver o menino Jesus? Isso mesmo, estou falando dos três Gays, ops, Reis Magos, ou As Maga-Queens como carinhosamente costumo chamar. Como toda boa bicha que se preza, elas não poderiam perder uma novidade, muito menos a oportunidade de participar da coluna social mais lembrada da história. Daí uma bicha fina deu ouro de presente, a outra esotérica deu incenso, e a recalcada invejosa deu mirra. Tinham também os pastores, desses nem vou falar muito, quem assistiu ao “Segredo de Brokeback Mountain” sabe muito bem o que pastores entediados costumam fazer nas horas vagas.

Vamos agora para a Árvore de Natal. Esta é a essência da iconoclastia gay. Pra começar um pinheiro, como qualquer coisa grande, pontuda e ereta, é um símbolo fálico... Daí você pega esse pinheiro e enfeita até não poder mais, pendura bolinhas reluzentes, coloca festão, glitter, laços coloridos, luzes piscantes, e o que temos: um PAU ENFEITADO, que nos remete imediatamente à figura arquetípica de uma Drag Queen, que também é nada mais, nada menos que um pau enfeitado...

Por último, mas não menos importante, vamos para a ceia. Em torno da mesa está toda a família, da nona esclerosada até o priminho pentelho, todos felizes confraternizando e esperando o momento mais aguardado da noite, quando todos caem de boca num enorme peru! Preciso falar mais alguma coisa?!

Mas, no fundo toda festa é gay, afinal somos sinônimo de alegria, felicidade e vivacidade, brilho, cores... Enfim... Tudo o que todo mundo gosta. Então um Natal beeeeeem GAY para todos.

4 comentários:

Jim NY disse...

Happy New Year Gang!
kisses

Dinho disse...

Hilário este texto, vamos cair de boca no peru bem assadinho e sem camisinha.

Claudio M.O disse...

Papai Noel maricona fazendo moda vintage com cetim vermelho, rena de nariz vermelho, as 3 drags loucas, a arvore toda carnavalescae por fim o PERU, é coisa de boiola mesmo.. muito divertido esta postagem.
pareabens e bom natal pra todos vcs da gang

kauerio disse...

Meu querido amigo Heather, nem preciso falar, os comentarios acima dizem tudo, criativo divertido e inteligente.
Fico muito feliz em tê-lo aqui na Gang, vc é uma figura de grande importancia para nosso sucesso.
Grande beijo e um peru bem gostoso pra vc neste natal!